Fertilização in vitro: método clássico e por ISCI

A fertilização in vitro (FIV) é a técnica mais avançada de reprodução assistida, que consiste em promover o encontro do óvulo com os espermatozoides fora do organismo da mulher, em um laboratório especializado, para posteriormente transferir os embriões para o útero materno.

A FIV é indicada nos casos de infertilidade feminina ou masculina, laqueadura, vasectomia, obstrução tubária, baixa reserva ovariana, espermograma alterado, idade avançada da mulher e endometriose.

Outra opção é a técnica de fertilização in vitro por ICSI. Neste caso, a fertilização é feita por meio de uma injeção intracitoplasmática do espermatozoide (ICSI). O espermatozoide mais apto é selecionado e injetado diretamente no óvulo com uma agulha bem fina. Indicada, especialmente, em casos de alteração moderada ou grave do espermograma.

Atualmente, existem diversos tipos de tratamentos para casais que não conseguem engravidar naturalmente. O método ideal varia para cada caso específico. Por isso, é importante buscar ajuda médica. Se você está tentando, mas ainda não conseguiu engravidar, procure um ginecologista e veja qual é o melhor tratamento para o seu caso.